quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Uma manhã repleta de surpresas!

A manhã começava quente, o vento sul tinha trazido uns graus a mais às baixas temperaturas que se faziam sentir nos últimos dias. Saí com o Don com muitas espectativas, passado algum tempo e numa zona lindíssima e muito típica a primeira mostra, interminável, o pássaro não queria sair nem com pedras nem paus, tive de ser eu a mete-la no ar, o terreno era muito fechado e inevitavelmente saiu tapada, só a ouvi sair…
Seguidamente uma Galinhola que só o cão a conhece, era a oitava jornada que ele ou a Shiva a param mas, sem nunca eu a ter sequer visto, um primeiro levante numa zona descoberta, para se enfiar no cantinho dela onde o Don a pára novamente, uma guia e acaba por para-la numa cova muito fechada, eu por cima adivinhava que iria sair tapada, pois bem, assim foi!
Depois o Don para dois pássaros num minuto, conseguindo abater uma delas e a outra a ser abatida logo de seguida pouco mais à frente.

Pelo caminho para o carro o insólito, numa zona onde todos os anos mete 1 ou 2 pássaros o Don fica em mostra, acerco-me do cão, ele sai a correr e sai um Javali que assim que me vê, investe, 2 tiros de autodefesa errados e um grande pancadão que me mandou pelo ar, caí desamparado com o ombro no chão, coronha da arma toda riscada, e eu meio atordoado não queria acreditar no que me acabara de acontecer.
Ainda deu para mais uma galinhola parada mas sem tiro, pois saiu tapada e, uma lebre para fazer as delicias dos meus pais.
 
 
 
 
 
 

Sem comentários: