quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Caminhando.

Don e o filho Juca da Pedra Mua, um Grande Becadero.
Sem muito fazer alarde, vamos fazendo a época ao nosso ritmo, uma a uma, lance a lance vamos desfrutando do trabalho dos cães, o ano não é sem duvida dos melhores, em nada se compara com a magnifica época passada mas, ainda assim, o mais importante está a acontecer, vermos pássaros, ter os cães em contacto com as Galinholas e sentir e viver os lances.
O Don continua como se a idade não o afectasse, rijo, efectivo a encontrar e a trabalhar os pássaros, têm-me dado pássaros impossíveis, em locais descaracterísticos devido aos terrenos secos, assim continue.
A Iris é como só sabe ser, subtil, nem se dá por ela, mas quando começa a serpentear, o coração acelera, os lances que dá têm sempre história, trazem sempre a sua assinatura, vêm carregados de emoção.
Vem aí chuva, espero que haja movimentações internas, que os pássaros se mexam, por norma é o que acontece, vamos ver se estou certo, até lá vou sonhando com os futuros lances e relembrando os passados.

Desejo a todos um Feliz Natal, cheio de saúde e muitas Galinholas, sempre na melhor companhia, os nossos cães!

Boas Festas

Jorge Silva

Sem comentários: