quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Mais que uma religião, uma paixão!

4:30h da manhã, o despertador toca, ainda sem o hábito de me levantar de madrugada ao fim de semana para ir para o campo, o corpo estranhou! 2 segundos depois, consciente do que se tratava caí em mim e prontamente me pus de pé !
Noite cerrada e debaixo de chuva fiz-me ao caminho, era a primeira de muitas viagens desta época, sabia que apesar de abrir às Galinholas, seria muito difícil ver uma, elas não se guiam pelo calendário venatório, é algo mais profundo o que as move! Ainda assim, mesmo sem convicção, a Paixão e a necessidade de mexer os cães fez-me sair de casa numa noite de grande temporal, e lá no fundo, bem recalcado, por debaixo de todos os sentimentos, também me movia uma misera réstia de esperança de ver a primeira Galinhola da época! Pensando bem não seria em mim, caso isolado!
Na estrada acompanhado apenas pelos meus pensamentos, constatava que, na generalidade aqueles que circulavam àquela hora eram também seguidores da minha religião, a caça! Reboques e caixas transportadoras na mala, denunciava-os! Outrora muitos mais, hoje em dia, os crentes desta religião ainda são muitos, devotos menos e praticantes uma minoria resignada! Noutros tempos terras como Vendas Novas eram paragem obrigatória para estes peregrinos, que ali alimentavam o corpo para mais tarde alimentarem a alma nos seus locais eleitos de devoção! Hoje tudo mudou, os domingos deixaram de ser santos para a caça, esta nova realidade troce mais dias de caça, caça-se todos os dias, os praticantes são menos e mais dispersos pela semana, a caça, tal como a religião, agora é paga e assim se enchem os bolsos a alguns Bispos, crentes apenas naquilo que move a humanidade, o dinheiro!
Chegado ao couto, o dia amanhecia com uma ligeira morrinha, no entanto as previsões eram de chuva a sério, daquela para me lamentar ter saído de casa! No entanto quase nem pingou, a manhã foi fria mas nada chuvosa! De Galinholas apenas uma ou outra bosta de vaca, devidamente bicada por um ou outro pássaro de passagem que, vá-se lá saber porquê, não teve a intenção de ali se fixar, optando por um outro local mas, demonstrando que, mais dia, menos dia, a primeira vai-se mostrar!
Os cães vão ganhando ritmo, eu forma física, para assim que elas se apresentem, estarmos preparados para dar o melhor final aos lances!

Que venham rápido e que nos proporcionem lances de sonho!

Sem comentários: