quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Ultimas emoções!


O passado fim de semana foi o ultimo desta aventura que é anualmente a época de Galinholas, tinha 2 dias para como se diz queimar os últimos cartuchos e assim foi!
O sábado foi passado em muito boa companhia, do Amigo João e do Ricardo que tinham a coragem de fazer 400 km para fazer mais uma jornada de Galinholas. 
Começámos a manhã não muito cedo, eram 9 horas da manhã quando largamos os cães, a zona era muito despida, outrora seguramente muito característica, tendo em conta uma ou outra zona onde os tractores não conseguiam passar com as grades, essa nova politica que pode ter tudo de ecologista mas que em nada favorece a fauna cinegética! Como bons caçadores de Galinholas tínhamos de caçar como o terreno se apresentava, obrigava-nos a olhar para o terreno de outra forma, a pensar como uma Galinhola, a palmear mais terreno, assim foi! 
Pouco tempo depois a Shiva faz soar o beeper, numa zona despida, onde apenas uns paus secos deixados de um antiga poda dos pequenos pinheiros dava guarida àquela pássaro, acerco-me dela com a certeza de que era uma Galinhola, a Shiva estava completamente deitada, até o "queixo" estava em terra, linda, a Galinhola saía toda a descoberto, um verdadeiro penalti, abatida e cobrada com facilidade, esta sem eu saber seria a ultima Galinhola da época!
Choupos despidos pelo frio, com silvas aos pés molhados pela pouca água da ribeira compunham um cenário magnifico de maracha, ali tinha de estar uma Galinhola, a Shiva rapidamente confirmava a minha intuição, não passaram 2 minutos e o beeper tocava, acerco-me com dificuldade da cadela e não sai uma, mas sim duas Galinholas, difíceis não deram sequer para meter a arma à cara, a Shiva ainda parou mais 2 vezes uma das duas, que acabei por errar! Entretanto ouvia tiros ao longe, seguramente seria o Ricardo ou o João, pois bem foram os dois, o Veron deu uma de Penalti ao Ricardo e o João errou outra mas, no final o Jay da Pedra Mua pára a sua primeira Galinhola que, o João acaba por errar, foi pena, pois o cachorro filho da Shiva e do Don merecia o seu primeiro pássaro.

Domingo, ultima jornada, 6:48h em viagem para Sul, no lusco-fusco a primeira, que passa mesmo em frente ao carro, linda!!!
Já no couto o Don tinha de fazer o seu papel, e fez bem! Era dia das velhas conhecidas, 3 foram as vistas, todas elas paradas e uma delas várias vezes e acabei por não dar um único tiro, também faz parte, infelizmente na ultima jornada elas foram mais fortes, pelo telefone uma excelente noticia, o Jay da Pedra Mua com os seus 9 mesitos tinha parado outra Galinhola, o João desta vez arrimou-se e abateu a Galinhola cobrada depois pelo cachorro, o primeiro lance completo que certamente será o primeiro de muitos!


Sem comentários: