terça-feira, 28 de outubro de 2014

Treinos de pré-época.

Abdicar da caça às Perdizes em detrimento da boa forma dos cães nas Galinholas é algo que há muito me habituei a fazer, ano após ano tenho perdido o interesse pelas Perdizes, não que ache esta tão nobre espécie pouco desportiva ou  a sua caça pouco emotiva, muito pelo contrário! Sendo que para mim as Galinholas são a minha paixão prefiro ter os cães bem trabalhados e em forma para a época de Galinholas. Por norma todos os anos tenho um novo cão que necessita da minha atenção e de treinos específicos, desta vez é a Elma, tem requerido muito do meu tempo para chegar ao nível esperado, as Perdizes bravas têm sido uma constante na pré-época com treinos sem abate, também os pombos mansos são uma grande ajuda no trabalho desenvolvido, aqui fica um pequeno momento da Elma em treino.
 
 

domingo, 12 de outubro de 2014

Beeper, porquê e para quê?

Antes de mais vamos dar a conhecer este equipamento, o que é e para que serve, prós e contras e como utilizar e qual comprar.
  
Há muito que o caçador viu na caça à Galinhola a necessidade de sinalizar o cão, sendo que esta ave habita zonas de mato muito fechado cedo o caçador dotou o seu companheiro canino de algo que o sinaliza-se enquanto se movia em terrenos de fraca visibilidade, assim os cães de Galinholas começaram a caçar de chocalho ao pescoço, desta forma o cão ao movimentar-se fazia com que o chocalho cintilasse, tendo assim o caçador sempre a noção mais ou menos exacta de onde o cão se encontrava, digo noção mais ou menos exacta porque na realidade e nos cães com mais andamento nunca sabemos exactamente onde este se encontra, num momento ouvimos o chocalho à direita e de repente vimos o cão já a passar à esquerda, acontece com cães de grande andamento, aquilo que se pretende num cão de Galinholas! Mas o chocalho não resolve o problema maior, encontrar o cão quando este está em mostra, o chocalho cala-se, temos então de encontrar o cão, uma vezes é fácil outras é uma tarefa muito complicada e quando o encontramos a Galinhola já saiu, foi este problema que deu origem a um equipamento electrónico que considero muito útil e fundamental para o sucesso nesta disciplina!
Para que serve então o Beeper.
O Beeper é um equipamento electrónico que permite o caçador encontrar rapidamente o cão em zonas fechadas quando este entra em mostra, não é um substituto do chocalho mas sim um complemento.
Como funciona?
Um Beeper funciona de forma simples, sendo esta primeira forma a mais útil e aquela para que fora desenvolvido, tocar de forma continua (beep, beep, beep…) apenas quando o cão pára. Consoante a marca e o modelo um Beeper toca (entre 4 a 7 segundos) após o cão estar parado ou, nos melhores modelos quando o cão está em guia lenta quando tem a caça no nariz.
A segunda funcionalidade é a do Beeper tocar mesmo quando o cão se movimenta fazendo o efeito de um chocalho, tocando a cada 7 segundos (beep) 7 seg (beep), e passando a modo continuo (beep, beep, beep…) quando o cão entra em mostra, eliminando assim a necessidade do chocalho, esta funcionalidade é a ideal para cães de grande amplitude de busca, já que o som do Beeper é bastante mais audível que um chocalho!
Contras.
Não sei se será um contra, mas um Beeper é apenas útil nas Galinholas, faisões e pouco mais, pois foi para isso que foi desenvolvido, isto porque, por exemplo caçar às Perdizes de Beeper é algo que não funciona, as perdizes levantam assim que o beeper toca e não dão por norma a paragem de uma Galinhola, não havendo na maioria dos lances tempo de servir o cão e atirar.
Qual escolher?
No mercado existe um infindável número de Beppers disponíveis, os tradicionais, com e sem comando, com pilhas ou carregador, mais ou menos sensíveis, mais ou menos fiáveis.
Da experiencia que tenho de vários anos a caçar às Galinholas sempre com beeper e, através de vários modelos e marcas que já utilizei vou dar então a minha opinião.
Não sou a favor nem contra os Beepers que emitam o som do Falcão, dizem os fabricantes que faz com que as Galinholas se seguram mais ao terreno facilitando o lance, mas esse é um trabalho do Cão e não do Beeper, por isso não tenho grande apreço por estes modelos!
Existem modelos com comando à distância, permitindo mudar o modo, o som, com colar eléctrico incluído etc, para mim quanto mais simples melhor!
Dos muitos que experimentei rendi-me há muito àquele que a meu ver é o melhor, Lovett’s Compact, pela sua fiabilidade e simplicidade, até mesmo pelo preço, tem apenas 2 botões simples, um on/off o outro que muda o modo, 2 apenas, chocalho/beeper ou só beeper mais e menos sensível, robusto, estanque e muito fiável, não se calando quando um cão guia a caça, algo importantíssimo! Utiliza um pilha normal e económica de 9V que podemos mudar em qualquer altura, não havendo o problema de nos esquecermos de carregar em casa e o equipamento se calar a meio de uma jornada, mas isto das preferências é como tudo, cada um com as suas, daí o mercada ter dezenas de opções cabendo a cada caçador comprar aquele que melhor cumpre as suas necessidades.

E para ajudar a poupar algum dinheiro aqui fica um site com todas as marcas e modelos e os melhores preços já com portes incluidos para Portugal.

http://www.encuentraprecios.es/precio_accesorios-y-juegos-perros-y-gatos_collar_becada.aspx

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Primeiro abate e cobro do Jeep.

Aqui ficam as imagens do primeiro abate ao Jeep e o seu primeiro alegre cobro, é com muita alegria que vemos a evolução deste magnífico cachorro, que demonstra desde muito cedo um imensurável caracter e paixão.