sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Considerações Finais.

Finda mais uma época de Galinholas é tempo de fazer as considerações finais sobre uma época no mínimo peculiar.
Um ano estranho que começou com uma boa densidade muito cedo, mas com grandes interregnos sem mexidas ou entradas de pássaros, longe das entradas de outros anos que em finais de Novembro e pela Conceição facilmente e depois de ventos favoráveis se faziam jornadas com 12, 14 ou mais levantes. Este ano foi mais constante com poucos levantes mas com a maioria das jornadas com levantes, a Sul o pior, demasiada chuva e demasiados dias quentes com ventos Sul e Sudoeste, afastaram as aves de terrenos tipicamente querençudos no Sul do país.
Também outras zonas mais perto do Tejo tiveram períodos grandes sem entradas, transformando muitas jornadas em reais suplícios.
Com 28 abates e uma tantas erradas não me posso queixar, apesar da época não ter começado da melhor maneira desenrolou-se até bastante bem, poucos dias sem abates e na grande maioria com lances fantásticos, uma época que teve como Principal protagonista o Faruck que superou as expectativas, a idade e a experiencia revelaram-se fundamentais para esta época tão positiva, pois tive praticamente todos os abates precedidos de trabalho dos cães e com lances de Galinholas paradas, o que transformou esta na época mais espectacular de todas, com lances que jamais esquecerei, alguns com pássaros complicadíssimos mas onde o Faruck mostrou a sua mestria resolvendo os lances de uma forma segura e espectacular, dando um sabor especial ao lance, pena tive de alguns que não consegui dar um final à altura, mas isto de errar faz parte do dia a dia de um caçador de Galinholas.
Recordo momentos de grande beleza, locais magníficos, pássaros que pareciam impossíveis, cobros fantásticos e momentos de muita beleza, alguns presenciados por bons Amigos.
Agora é tempo de mexer os cães, dar-lhes o descanso merecido, curar-lhes as feridas de vez e encher-lhes o fato, pois tantas jornadas deixam sempre mossa.
Espero que as Galinholas criem bem e quem voltem em força na próxima época para mais momentos fantásticos.

6 comentários:

Pedro Inácio disse...

Um merecido descanso de guerreiro , Faruck esta época ao seu mais alto nível , imparável ...
Cumpt
Pedro Inácio

Jorge Silva disse...

Boas Pedro,
assististe a uns lances dele daqueles lindissimos, para o ano assistes a muitos mais.

um abraço e mexe nessa setterzinha para no próximo ano estar no ponto.

Pedro Inácio disse...

Podes crer , tive o prazer de ver o deslumbrante trabalho ...
Quanto á Banshe , vamos fazer por isso ..

dinarte disse...

Sr. Jorge silva é com prazer que vejo o seu blog e é com emoção que o acabo de ler, pois tambem partilho da mesma paixão dos cães de parar e em especial da caça ás galinholas, e ao ler os suas experiencias vivo-as como se fossem minhas, pois eu acompanhado do meu pai e das nossas cadelas, pointer e braco alemão tambem vivemos um ano especial de galinholas com 17 levantes e só com 7 abates, o que é normal nesta nossa apaixonante e mistica caça da bela dama.
Os melhores cumprimentos e que para a proxima epoca seja pelo menos tão bom como esta!

Dinarte Freitas

Jorge Silva disse...

Dinarte, agradeço as amaveis palavras e folgo em saber que posso partilhar consigo as minhas jornadas de uma forma tão intensa, já agora de onde é?

Jorge Silva

dinarte disse...

Sr. Jorge não precisa de agradecer, blog´s como o do sr. é que dignificam a imagem do caçador em geral, mostrando o que á de mais puro na caça e ajuda a que cada vez mais jovens caçadores se aproximem a esta caça tão emotiva e especial como é a das galinholas!Eu presentemente resido em Almeirim mas sou natural da Chamusca!
A minha zona de caça è a associativa do geraldo junto á parreira onde todos os anos avistamos em média 5 a 6 galinholas e com 2 a 3 abates, mas este ano foi incrivel, talvez pelas condições climatéricas e pelo amadurecimento das nossas cadelas...

Os melhores cumprimentos

Dinarte Freitas